Jovens

1. Cada vez mais ignorantes, mal-educados e presunçosos, não prometem nada de bom para o futuro do país. Sem qualquer freio moral, individualistas e egoístas, representam a decadência dos valores tradicionais e vivem ao sabor do vento, sem rumo nem ambições.
2. Com um nível de formação muito superior ao das gerações anteriores, são a primeira geração a conseguir competir internacionalmente. Sem complexos inúteis, com uma nova moralidade, uma forte cultura de grupo e muita generosidade, têm uma atitude mais saudável perante a vida, o país e o mundo.
Enviar um comentário