Feriados

O seu excesso é uma portuguesíssima forma de escapar ao trabalho, com a consequente diminuição da produtividade nacional. No fundo, somos todos preguiçosos.

ou

A sua existência é garantia de realização pessoal de cada um para lá de horários, obrigações, rotinas. Essenciais para a boa produtividade do país.
Enviar um comentário